Disco ‘Cadáver’ é tema do podcast ‘Guia para não virar bolor’

Cristina Buarque canta músicas de Fernando Pellon na homenagem a Áurea Martins
22 de julho de 2021
A irreverência que liga Laert Sarrumor a Fernando Pellon
25 de agosto de 2021

Os espíritos são eternos e a alma do disco “Cadáver pega fogo durante o velório” também. São 37 anos desde o seu lançamento, em 1984, e os comentários sobre o registro do primeiro trabalho musical do compositor de Fernando Pellon continuam sendo entusiasmados na direção da sua qualidade artística.  O LP foi indicado aos ouvintes durante a apresentação do podcast “Guia para não virar bolor”, um programa inteligente e descontraído que abordou o clima sensacionalista do noticiário policial da imprensa brasileira.

Por meio da irreverência dos âncoras Marcela Mescalina e João Vicente, o podcast aproveitou o clima dos telejornais policiais como “Aqui agora”, da TV Record, para produzir um divertido programa sobre as manchetes inusitadas muito utilizadas pelo jornalismo policial, para comentar sobre o disco “Cadáver” e indicá-lo como a sugestão da semana para os seus ouvintes.

Em seu comentário, João Vicente evitou classificar “Cadáver pega fogo durante o velório” como um produto fonográfico “lado B” ou “maldito”. Para ele é um disco independente que está entre o sensacional e sensacionalista e “que mostra a vida como ela é destoando, um pouco, da MPB da época, com várias músicas e letras que mostram o dia a dia”, como uma referência ao noticiário dos jornais populares, do estilo “se espremer, sai sangue” que ficaram famosos no Brasil, no século XX.

Sugerimos que você faça uma pausa nos fatos trágicos da pandemia e da crise política que estão pautando a imprensa diariamente, para resgatar e dissecar o humor e a poesia de Fernando Pellon no seu brilhante trabalho com “Cadáver pega fogo durante o velório”. É só clicar em https://anchor.fm/guia-para-nao-virar-bolor/episodes/Cadver-pega-fogo-durante-o-velrio-e10sdq4 . Divirta-se!